O acesso ao mercado de trabalho durante a pandemia tem se tornado um grande desafio entre os jovens brasileiros. No final de 2020, o índice de desemprego entre pessoas com idade de 18 a 24 anos chegou a 29,8%, a maior taxa anual da série histórica iniciada no ano de 2012. Com o intuito de proporcionar oportunidade de capacitação para o ingresso desses jovens no mercado de trabalho, o Instituto Coca-Cola Brasil, em parceria com a Solar Coca-Cola, está com inscrições abertas, para o preenchimento de 26 mil vagas do projeto Coletivo Online, programa de empregabilidade 100% digital.

As inscrições são gratuitas e trazem como pré-requisitos: idade entre 16 e 25 anos e estar cursando ou já ter concluído o Ensino Médio. O programa online distribui conteúdos por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp, permitindo que o jovem faça o curso de qualquer lugar, a qualquer momento. Ao longo da formação, os jovens vão ter acesso a temas como: plano de vida, planejamento financeiro, construção de currículo e preparação para processos seletivos. Durante seis semanas, os participantes recebem 10 videoaulas e atividades para testarem seus conhecimentos no próprio celular. Após a conclusão do curso, os jovens recebem certificado de conclusão e são direcionados para o cadastro no banco de vagas dentro da comunidade exclusiva do Coletivo. A partir daí, eles estão aptos a concorrerem as vagas disponibilizadas por uma rede de 400 parceiros empregadores.

Oportunidade

A iniciativa faz parte da plataforma Coletivo, que conta também com o bem-sucedido programa Coletivo Jovem. Desde o início de sua implementação, em 2009, a plataforma Coletivo já impactou mais de 256 mil jovens em comunidades brasileiras espalhadas em 22 estados mais o Distrito Federal — incluindo as suas duas versões: o Coletivo Jovem, com aulas presenciais, e o Coletivo Online, com turmas 100% digitais. Desses, mais de 77 mil tiveram acesso ao mercado de trabalho.

O Coletivo já impactou mais de 100 mil jovens somente nos estados que compõem o território de atuação da Solar Coca-Cola (9 estados do Nordeste e Mato Grosso). Destes, cerca de 30 mil jovens ingressaram formalmente no mercado de trabalho nos últimos anos. Só em 2021, cerca de dois mil jovens foram inseridos no mercado de trabalho por meio do projeto, 161 deles foram contratados pela Solar.

Visando a expansão do Coletivo Online para além das Capitais e Regiões Metropolitanas, que contam com Centros de Distribuição e Fábricas da Solar, a companhia iniciou em 2021 um projeto piloto com a participação de 311 jovens no município de Iguatu (CE). “Com o Coletivo Online, vimos a possibilidade de alcançar jovens de cidades afastadas dos grandes centros. Neste projeto piloto, além da formação dos jovens, também estamos nos voltando para o estabelecimento de parcerias com empresas locais que possam contribuir com a empregabilidade desses alunos após a conclusão da formação”, explica o gerente de Relações Externas da Solar, Arthur Ferraz.

Aluno de uma das primeiras turmas do Coletivo Jovem em Maceió (AL), Vander Luiz Azevedo é um dos vários exemplos de jovens que encontraram no programa uma oportunidade para dar início a sua carreira. “Em 2013 fiz testes e fui contratado como aprendiz da Manutenção Mecânica da Solar. Em 2015, ao término do meu contrato, fui chamado para um novo teste e efetivado como assistente administrativo do Planejamento de Manutenção. Em 2016, recebi da gerência o desafio de ser analista de Excelência Operacional na CAF (Fábrica da Água Mineral Crystal) e, logo depois, recebi um desafio ainda maior: de Supervisor de Produção na CAF. É por isso que onde chego tenho maior orgulho em falar do Coletivo Jovem, pois foi ele que abriu as portas do mercado de trabalho para mim. Serei eternamente grato”, destaca Vander.

As inscrições para o Coletivo Online estão abertas e os interessados podem ter mais informações pelo site: https://bit.ly/coletivosolar20213